Make your own free website on Tripod.com

A Era da Informática


About Us
História do computador
Gerações
Biografias
Internet
Historia da Internet
Consequências das TIC
Vantagens & Desvantagens das TIC
Curiosidades

biografias.gif

Agora ficamos com as biografias dos homens que mais contribuíram para o desenvolvimento do computador tal como o conhecemos hoje:

Blaise Pascal

Blaise Pascal nasceu em Clermont-Ferrand, Puy-de-Dôme, França em 19 de Junho de 1623 e morreu em Paris a 19 de Agosto de 1662.
A mãe de Pascal morreu quando ele tinha apenas três anos. Em 1631 seu pai, Étienne, deixou o cargo de juiz e mudou-se para Paris com os filhos Gilberte, Blaise e Jacqueline. Pascal nunca foi à escola ou à universidade. Foi educado pelo pai que além de trabalhar para o governo na cobrança de impostos, era um homem de grande cultura, um matemático que teve o bom gosto de preferir que o filho se dedicasse primeiro ao estudo das línguas clássicas.
Dada a precocidade que revelava (movido apenas pela curiosidade, e sem qualquer tipo de ajuda, conseguiu deduzir ainda menino as trinta e duas primeiras proposições de Euclides), Blaise, com apenas catorze anos, é levado pelo pai a participar nas reuniões da Academia de Ciências organizadas por Mersenne (1588 - 1648), em Paris, onde tomou conhecimento com as ideias mais avançadas da sua época.
Com dezanove anos, inventou, para facilitar o trabalho do pai, a primeira máquina de calcular. Composta de engrenagens, mostradores e pequenas alavancas, a Pascalina permitia efectuar somas e subtracções. Nos anos seguintes, construiu e vendeu perto de quarenta máquinas.
Baseada em dois conjuntos de discos (um para a introdução dos dados e outro que armazenava os resultados) interligados por meio de engrenagens, esta máquina utilizava o sistema decimal para os cálculos de maneira que, quando um disco ultrapassava o valor nove, retornava ao zero e aumentava uma unidade no disco imediatamente superior. Este engenho de cálculo, pioneiro de uma longa geração de máquinas matemáticas, encontra-se no Conservatório de Artes de Paris. Essa conquista que testemunha a grande engenhosidade mecânica de Pascal valeu-lhe a homenagem de ter sido atribuído o seu nome a uma importante linguagem de programação: a linguagem Pascal.

Charles Babbage

Charles Babbage nasceu em 26 de Dezembro de 1791, em Londres, Inglaterra.

Estudou matemática no Trinity College, Cambridge e foi professor de matemática na University of Cambridge (1828-1839), onde teve um papel importante na reestruturação do ensino da disciplina.

Fundou a "Analytical Society", juntamente com Herschel e Peacock e durante alguns anos dedicou-se à elaboração de vários artigos e ensaios sobre matemática. Foi eleito membro da Royal Society em 1816 e teve um papel proeminente na fundação da Astronomical Society. Durante os anos 20, realizou em conjunto com John Herchel, algumas experiências sobre magnetismo. A sua grande paixão era a construção e o desenvolvimento de calculadores mecânicos e a ela dedicou grande parte da sua vida.

Em 1820, iniciou a construção de uma máquina que seria a primeira aproximação de um computador, a "Difference Machine". Em 1822 demonstrou uma pequena versão da sua máquina num artigo, e recebeu a 13 Julho de 1823 uma medalha de ouro da Astronomical Society, que lhe permitiu obter financiamento do governo necessário para se dedicar à construção de uma versão mais evoluída. No entanto surgiram inúmeras dificuldades e custos adicionais, tendo o governo em 1834 recusando-se a continuar a financiar o projecto.

Nessa altura Babbage já estava a trabalhar numa nova máquina, a "Analytical Engine". Na concepção da sua segunda máquina, Babbage baseou-se nos cartões do tear mecânico para armazenamento de informação e instruções. A "Analytical Engine" tinha uma memória constituída por grupos de 50 rodas contadoras, que podiam conter 1000 números de 50 dígitos cada (podendo, mediante perfuração e posterior releitura de cartões, estender a memória indefinidamente), e era constituída pelo moinho (a unidade aritmética da máquina, que fazia os cálculos), pela unidade de controlo (que controlava a ordem pela qual as operações eram feitas) e por mecanismos de entrada e saída. Esta estrutura profecia os modernos computadores electrónicos.

Herman Hollerith

Herman Hollerith (29 de Fevereiro de 1860, Buffalo, Nova York - 17 de Novembro de 1929) foi um empresário americano e o principal impulsionador do leitor de cartões perfurados, instrumento essencial na época para a entrada de informação para os computadores da época. Ele foi também um dos fundadores da IBM, um homem de mente aberta, precursor do processamento de dados.

Joseph-Marie Jacquard

Joseph-Marie Jacquard (7 de julho de 1752, Lyon - 7 de agosto de 1834, Oullins) foi um inventor francês.

Em 1804, Joseph Marie Jacquard construiu um tear inteiramente automatizado, que podia fazer desenhos muito complicados. Esse tear era programado por uma série de cartões perfurados, cada um deles controlando um único movimento da lançadeira. Curiosamente, ele era de um ramo que não tinha nada a ver com números e calculadoras: a tecelagem. Filho de tecelões - e, ele mesmo, um aprendiz têxtil desde os dez anos de idade - , Jacquard sentiu-se incomodado com a monótona tarefa que lhe fora confiada na adolescência: alimentar os teares com novelos de linhas coloridas para formar os desenhos no pano que estava sendo fiado.

Como toda a operação era manual, a tarefa de Jacquard era interminável: a cada segundo, ele tinha que mudar o novelo, seguindo as determinações do contratante. Com o tempo, Jacquard foi percebendo que as mudanças eram sempre sequenciais. E inventou um processo simples: cartões perfurados, onde o contratante poderia registrar, ponto a ponto, a receita para a confecção de um tecido.

Daí, Jacquard construiu um tear automático, capaz de ler os cartões e executar as operações na sequência programada. A primeira demonstração prática do sistema aconteceu na virada do século 19, em 1801. Os mesmos cartões perfurados de Jacquard, que mudaram a rotina da indústria têxtil, teriam, poucos anos depois, uma decisiva influência no ramo da computação. E, praticamente sem alterações, continuam a ser aplicados ainda hoje: foram eles, os famigerados "punching cards", que causaram toda aquela confusão na Florida, na eleição para presidente dos Estados Unidos em 2000.

Konrad Zuse

Konrad Zuse (22 de Junho de 1910 - 18 de Dezembro de 1995) foi um engenheiro alemão e um pioneiro dos computadores. O seu maior feito foi a criação do primeiro computador de programa controlado por fita guardada, o Z3, em 1941. Konrad Zuze inventou o 1º computador electromecânico, constituído de relés - efectuava cálculos e exibia os resultados em fita perfurada. Em um museu chamado Museu da Tecnologia na cidade de Bonn, na Alemanha, existem alguns de seus inventos, como o Z2, um dos primeiros computadores do mundo. Muitos acreditam que os primeiros computadores eram de um tamanho muito grande, porém eram na verdade equipamentos estranhos mas pequenos. Em outro museu na mesma cidade (Museum für Deutsche Geschichte - Museu da História Alemã), também se encontram outros equipamentos desenvolvidos por Konrad Zuse, o pai da informática.

John Von Neumann

John Von Neumann (Neumann János) (28 de Dezembro de 1903 - 8 de Fevereiro de 1957) foi um matemático húngaro de origem judaica naturalizado americano nos anos 30 do século XX, que desenvolveu importantes contribuições em Mecânica Quântica, Teoria dos conjuntos, Ciência da Computação, Economia, Teoria dos Jogos e praticamente todas as áreas da Matemática. Faleceu no dia 8 de Fevereiro de 1957, vítima de um tumor no cérebro. Um dos amigos dele chegou a dizer que Von morreu frustrado por saber que já não podia pensar mais. Foi também professor na Universidade de Princeton e um dos construtores do ENIAC.

John von Neumann formalizou o projecto lógico de um computador.

Em sua proposta, von Neumann sugeriu que as instruções fossem armazenadas na memória do computador. Até então elas eram lidas de cartões perfurados e executadas, uma a uma. Armazená-las na memória, para então executá-las, tornaria o computador mais rápido, já que, no momento da execução, as instruções seriam obtidas com rapidez electrónica. A maioria dos computadores de hoje em dia segue ainda o modelo proposto por von Neumann.

Esse modelo define um computador sequencial digital em que o processamento das informações é feito passo a passo, caracterizando um comportamento determinístico (ou seja, os mesmos dados de entrada produzem sempre a mesma resposta).

John William Mauchly

John William Mauchly (30 de Agosto, 1907 - Janeiro 8, 1980) era um físico americano que com J. Presper Eckert, criou o ENIAC, o primeiro computador digital, tal como o EDVAC, BINAC e UNIVAC I, o primeiro computador comercial dos EUA.

Juntos criaram a primeira empresa de comercialização de computadores, a Eckert-Mauchly Computer Corporation (EMCC), e o pioneiro da concepção do computador incluindo, programas armazenados e linguagem de programação. Apresentou o primeiro curso de computação (as Moore School Lectures), e influenciou um crescimento no desenvolvimento dos computadores no fim dos anos 40 por todo o mundo.

John Adam Presper "Pres" Eckert Jr.

John Adam Presper "Pres" Eckert Jr. (nasceu 9 de Abril de 1919 na Filadélfia, Pensilvânia; morreu a 3 de Junho de 1995 em Bryn Mawr, Pennsylvania) era um pioneiro de computador americano. Com John Mauchly ele inventou o primeiro computador digital eletrônico (ENIAC), apresentou o primeiro curso de computação (as Moore School Lectures), fundou a primeira companhia de computadores comerciais, a Eckert-Mauchly Computador Corporação, e projectou o primeiro computador comercial no EUA, o UNIVAC que incorpora a invenção de Eckert.

Thomas John Watson

Thomas John Watson, Sr. (17 de Fevereiro de 1874 - 19 de Junho de 1956) era o presidente da International Business Machines (a IBM), que comandou o crescimento daquela companhia para se tornar uma força internacional desde os anos vinte ate aos anos cinquenta. Watson desenvolveu o estilo de administração efectivo da IBM e transformou-a numa das organizações de venda mais eficientes, apesar de baseado na pascaline. Ele era um dos homens mais ricos do tempo dele e foi chamado o maior vendedor do mundo quando morreu e era conhecido como um dos principais industriais americano e self-made.

Maurice Vincent Wilkes

Maurice Vincent Wilkes (nascido em 26 de Junho de 1913, em Dudley, Staffordshire, Inglaterra é um cientista da computação inglês, a quem se creditam diversas contribuições importantes nesta área.
Graduou-se no St John's College, na universidade de Cambridge, de 1931 a 1934. Continuou os estudos para obter seu Ph.D. em física em 1936, com um estudo sobre a propagação de ondas de rádio longas na Ionosfera. Foi indicado para uma vaga na Universidade de Cambridge onde se envolveu no estabelecimento de um laboratório de computação.
Foi convocado para servir na Segunda Guerra Mundial e trabalhou no desenvolvimento do radar.
Em 1945 foi indicado ao cargo de vice-director do Laboratório de Matemática da Universidade de Cambrigde (depois viria a ser conhecido por Laboratório de Computadores).
O Laboratório de Cambridge tinha muitos equipamentos diferentes, incluindo um analisador diferencial. Wilkes obteve uma cópia da descrição do EDVAC de John Von Neumann em construção por Presper Eckert e John Mauchly na Moore School of Electrical Engineering.
Posto que o laboratório tinha seus recursos próprios, ele pode imediatamente iniciar os trabalhos com uma pequena máquina prática, o EDSAC. Decidiu que não deveria fazer um computador melhor, mas simplesmente fazer um para a universidade. Decisão puramente prática. Usou somente métodos provados para a construção de cada parte da máquina. A máquina resultante deste processo era menor e mais lenta que suas contemporâneas. Entretanto, o seu computador foi o primeiro a ter programas gravados de forma prática e começou a operar em Maio de 1949.
Em 1951, desenvolve o conceito da micro programação baseado no uso das Read-Only Memory (RAM) para controlo da CPU (Unidade Central de Processamento). Este conceito simplificou o desenvolvimento das CPU. A micro programação foi primeiro descrita na Conferência Inaugural de Computação da Universidade de Manchester e depois publicada na revista IEEE Spectrum em 1955. Seu conceito foi implementado no EDSAC 2.
O próximo computador de seu laboratório foi o Titan, numa joint venture com a Ferranti Ltd. Ele suportava o primeiro sistema de tempo compartilhado do Reino Unido e provia amplo acesso a recursos de computação na universidade, inclusive gráficos compartilhados para mecânica, CAD.
Um componente notável do projecto do Sistema operacional do Titan era seu acesso baseado tanto na identificação do programa quanto da do usuário. Ele introduziu a encriptação de senha usada depois pelo Unix.
A Wilkes é também creditada a ideia de rótulos simbólicos, macros, e bibliotecas de sub-rotinas que tornaram a programação mais fácil e pavimentaram o caminho para as Linguagens de programação de alto nível.
Posteriormente, Wilkes trabalhou num sistema pioneiro de compartilhamento de tempo (ou timesharing), hoje denonimado sistema operacional multiusuário, e em computação distribuída.
No fim dos anos 60, Wilkes se dedica também a computação baseada em capacidade, e o laboratório monta um único computador, o Cambridge CAP.
Em 1974 Wilkes junta-se à uma rede suíça (em Hasler AG) que usava uma topologia de anel para alocação de tempo na rede. O laboratório inicialmente usou um protótipo para compartilhar periféricos. Uma parceria comercial foi formada e tecnologias similares se tornaram disponíveis de forma ampla na Inglaterra.
Em 1980 aposenta se como professor e toma a direcção o laboratório e assume cargo na Digital Equipment Corporation em Maynard, Massachusetts.

Alan Turing

Alan Mathison Turing nasceu em 23 de Junho de 1912 em Londres, filho de um oficial britânico, Julius Mathison e Ethel Sara Turing. Seu interesse pela ciência começou cedo, logo que aprendeu a ler e escrever, distraia-se multiplicando números de hinos religiosos e desenhando bicicletas anfíbias. A maior parte do seu trabalho foi desenvolvido no serviço de espionagem, durante a II Grande Guerra, levando-o somente por volta de 1975 a ser reconhecido como um dos grandes pioneiros no campo da computação,
Em 1928, Alan começou a estudar a Teoria da Relatividade, conhecendo Christopher Morcom, que o influenciou profundamente. Morcom morreu em 1930 e Alan se motivou a fazer o que o amigo não teve tempo, durante anos trocou correspondências com a mãe de Morcom a respeito das ideias do amigo e se maravilhou com a possibilidade de resolver problemas com a teoria mecânica quântica.Chegou inclusive a escrever sobre a possibilidade do espirito sobreviver após a morte.
Depois de concluir o mestrado em King's College (1935) e receber o Smith's prize em 1936 com um trabalho sobre a Teoria das Probabilidades, Turing se enveredou pela área da computação. Sua preocupação era saber o que efectivamente a computação poderia fazer. As respostas vieram sob a forma teórica, de uma máquina conhecida como Turing Universal Machine, que possibilitava calcular qualquer número e função, de acordo com instruções apropriadas.
Quando a II Guerra Mundial eclodiu, Turing foi trabalhar no Departamento de Comunicações da Gran Bretanha (Government Code and Cypher School) em Buckinghamshire, com o intuito de quebrar o código das comunicações alemãs, produzido por um tipo de computador chamado Enigma. Este código era constantemente trocado, obrigando os inimigos a tentar descodifica-lo correndo contra o relógio. Turing e seus colegas cientistas trabalharam num sistema que foi chamado de Colossus, um enorme emaranhado de servomotores e metal, considerado um precursor dos computadores digitais.
Durante a guerra, Turing foi enviado aos EUA a fim de estabelecer códigos seguros para comunicações transatlânticas entre os aliados. Supõe-se que foi em Princeton, NJ, que conheceu Von Neumann e daí ter participado no projeto do ENIAC na universidade da Pensilvânia.
Terminada a guerra, Alan se juntou ao National Physical Laboratory para desenvolver um computador totalmente inglês que seria chamado de ACE (automatic computing engine). Decepcionado com a demora da construção, Turing mudou-se para Manchester. Em 1952, foi preso por "indecência", sendo obrigado a se submeter à psicanálise e a tratamentos que visavam curar sua homosexualidade.Turing suicidou-se em Manchester, no dia 7 de junho de 1954, durante uma crise de depressão, comendo uma maçã envenenada com cianureto de potássio.

Enter supporting content here